Irã é tema de livro e de debate na TV Estadão

O cineasta e filho de iranianos Flavio Rassek e a escritora Marcia Camargos foram entrevistados, na TV Estadão pela jornalista Adriana Carranca, do jornal “O Estado de S. Paulo”. O tema das violações dos direitos humanos no Irã foi abordado com muita propriedade pelos entrevistados. Vale a pena conferir!

DICA DE LEITURA

Para quem deseja saber mais sobre o Irã dos aiatolás, eu recomendo a leitura do livro “A Travessia do Albatroz – Amor e Fuga no Irã dos Aiatolás” (Geração Editorial, 294 págs., R$ 39,90),de Marcia Camargos.

Construído a partir do relato de um refugiado iraniano que vive no Brasil, narra a história de Kurosh Majidi, um jovem na época da Revolução (1979), e de seu amigo Behruz, que é seduzido pelo discurso radical xiita. Enquanto Kurosh evita alistar-se no Exército, Behruz parte para a luta na sangrenta guerra Irã-Iraque, nos anos 1980.

O albatroz do título é uma referência à ave migratória – a fuga de Kurosh torna-se a questão central do livro quando a situação política torna-se insustentável para um rapaz que gostava dos Beatles e de estrelas pops iranianas. A edição do livro não esconde o desejo de fazer dessa história um best seller. Belas fotos e mapas procuram tornar o livro, ao mesmo tempo, mais “gordo” (em volume) e mais “leve” (como leitura). O texto é claro e procura ser didático quando a autora julga isso necessário, apresentando detalhadamente alguns aspectos culturais do Irã menos conhecidos do público.

Anúncios

Etiquetas: , , , , , , , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: