Archive for Outubro, 2010

Arimatéia Macedo:de médico e de poeta

Outubro 29, 2010

Capa da obra em que o médico e poeta Arimateia Macedo teve poesia classificada

No intervalo de uma consulta ou outra com seus pacientes e quando bate a inspiração, o médico Arimatéia Macedo, começa, então, a exercitar seus dotes de poeta, e que o faz com maestria digna dos grandes vates do passado e do presente.

Pois não é que o poeta-médico obteve a quarta colocação no disputadíssimo Concurso Literário nacional Paz em Prosa & Verso, promovido pelas Edições Alba, de Varginha – MG?

Com o título Paz à Mulher, a poesia Dr. Arimatéia Macedo ganhou destaque nesse certame devido a seus versos diáfanos e cristalinos, associados a uma ritmia contagiante e que mostram o seu talento multiforme e irisado no universo poético contemporâneo.

O certame contou com o apoio da Academia Varginense de Letras, tendo concorrido 402 textos de autores de várias partes do Brasil,

Conhecedor de longa data do potencial criativo do dr. Arimatéia Macedo como poeta, não me surpreendi com mais essa premiação em sua carreira literária, pois sei que foi merecedor.

A propósito, recentemente ele teve o soneto Um menestrel literário,  de sua autoria selecionado para participar de uma antologia literária em Portugal.

Por tudo isso e muito mais parabenizo o ilustre poeta-médico que sempre nos presenteia a todos com belas páginas poéticas, mostrando-nos, de forma despretensiosa, que a vida é muito mais do que os nossos olhos conseguem ler.

O castigo

Outubro 24, 2010

Concurso Benjamim Rodrigues de Poesia Falada está com inscrições abertas

Outubro 20, 2010

Um dos mais tradicionais certames literários do Estado do Tocantins, o Concurso Benjamim Rodrigues de Poesia Falada de Gurupi, chega a sua 12ª edição e está com as inscrições abertas até o dia 19 de novembro. O evento acontece na cidade de Gurupi, nos dias 26 e 27 de novembro, no Centro Cultural Mauro Cunha,.

O concurso é aberto para concorrentes de qualquer parte do Brasil. Os trabalhos com temática livre deverão ser inscritos no gênero poesia, sendo que o autor e o intérprete podem ser a mesma pessoa.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas na sede da Secretaria Municipal de Cultura, localizada no Centro Cultural Mauro Cunha, Av. Maranhão, 1507 – Centro – CEP: 77410-020 – Gurupi – TO.,  sendo que a data de postagem para as que forem remetidas através dos correios será o dia 13 de novembro.

Para realizar a sua inscrição, o candidato deverá apresentar 07 (sete) cópias do poema datilografado ou digitado em espaço 02 (dois), sem limite de laudas por texto, colocando em cada uma o título do poema, nome do autor e do intérprete.

O candidato poderá ainda realizar a inscrição via internet baixando a ficha de inscrição no sítio www.gurupi.to.gov.br preenchê-la, anexar as cópias dos poemas e enviar via Correios.

PREMIAÇÃO

Categoria Texto

1º Lugar R$ 1.000,00 e placa de honra ao mérito

2º Lugar R$ 750,00 e placa de honra ao mérito

3º Lugar R$ 500,00 e placa de honra ao mérito

Categoria Interpretação

1º Lugar R$ 1.000,00 e placa de honra ao mérito

2º Lugar – R$ 750,00 e placa de honra ao mérito

3º Lugar – R$ 500,00 e placa de honra ao mérito

Praças do PAC

Outubro 20, 2010

Prefeituras têm até 29 de outubro para enviar projetos

Levar cultura, entretenimento e lazer às populações de baixa renda é uma das prioridades das Praças do PAC, projeto que integra a segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento, do governo federal. Cada Praça contará com espaços culturais equipados, como cineteatro, biblioteca, telecentro e espaços multiuso para exposições e espetáculos artísticos. O objetivo é reverter o baixo número de equipamentos culturais em áreas carentes, especialmente em regiões metropolitanas e nas cidades pequenas e de médio porte.

As prefeituras interessadas em contar com os equipamentos devem inscrever seus projetos até 29 de outubro, no site http://www.pracasdopac.gov.br. A primeira etapa prevê, ainda este ano, a seleção de 400 unidades. Ao todo, serão 800 Praças do PAC implantadas até 2014, totalizando investimento de R$ 1,6 bilhão

Edital de Estímulo à Gestão Coletiva de Direitos Autorais

Outubro 19, 2010

O Ministério da Cultura, por meio da Secretaria de Políticas Culturais/Diretoria de Direitos Intelectuais, lançaram no dia 15 de outubro, o Concurso Público de Estímulo à Gestão Coletiva de Direitos Autorais. As inscrições ficam abertas até 1º de dezembro de 2010.

O edital visa fomentar a implementação ou modernização operacional de entidades de gestão coletiva de direitos autorais. Essa ação visa promover redução dos custos operacionais, aumento na arrecadação relativa a direitos autorais e distribuição mais justa e eficaz com um significativo impacto na economia da cultura, em vários segmentos culturais.

Serão premiados até três projetos, que receberão o valor de R$ 200 mil cada um. Para se inscrever, clique aqui

Uma questão de felicidade – vídeo-poema de Zacarias Martins

Outubro 17, 2010

XVIII Congresso Brasileiro de Poesia homenageia Ferreira Gullar

Outubro 17, 2010

Pela primeira vez nos últimos quinze anos o Congresso Brasileiro de Poesia não é realizado na primeira semana de outubro e sim, no final do mês. A edição deste ano acontece de 25 a 29, na cidade de Bento Gonçalves (RS)  e homenageará os 80 anos de Ferreira Gullar.

Como já é tradição, mais uma vez a Capital Brasileira da Uva e do Vinho abrirá suas portas para a caravana de poetas que participarão da décima-oitava edição do Congresso Brasileiro de Poesia, um dos maiores encontros de poetas da América.

Tendo como tema “O viajante da Poesia”, em homenagem ao poeta Ferreira Gullar, aproximadamente cento e cinquenta poetas dos mais diversos estados brasileiros e de alguns países já confirmaram presença e participarão de uma programação diversificada com muitos recitais, performances, rodas de poesia, espetáculo teatral, palestras nas escolas e debates sobre as diversas formas do fazer poético.

A abertura do evento acontece no Salão Nobre da Prefeitura Municipal às 17 horas do dia 25, com performance do grupo carioca “Simplesmente Poesia” e um recital em homenagem ao poeta Oscar Bertholdo, por parte de alunos da Escola Estadual Dona Isabel.

À noite, no anfiteatro Ivo Da Rold, na Fundação Casa das Artes, acontece mesa redonda sobre a obra do poeta Ferreira Gullar, coordenada por Eduardo Tornaghi, seguida de performance e recital poétco.

A partir da manhã de terça-feira, as atividades acontecerão no auditório do SESC, Biblioteca Municipal, Vai Del Vino e nas escolas do município.

Carlos Viveiros lança livro sobre gestão de desapropriação e servidão administrativa

Outubro 14, 2010

Com o apoio da Academia Gurupiense de  letras, o escritor Carlos Viveiros lança  o livro Gestão de Desapropriação & Servidão Administrativa (Ed. Veloso), no sábado, 16, às 19h30min, no Centro Cultural Mauro Cunha (Av. Maranhão, 1507 – Gurupi – TO).

O autor explica que a  obra tem por objetivo despertar a importância de gestão para a liberação de áreas para a implantação dos empreendimentos do setor elétrico brasileiro, com a coordenação de todos os procedimentos técnicos e jurídicos necessários para a transferência ou instituição de servidão da área declarada de utilidade pública em favor da expropriante, de acordo com as normas técnicas e procedimentos legais aplicáveis e dentro do prazo estabelecido pelo cronograma de obras.

SOBRE O AUTOR

Carlos Viveiros, é natural do Rio de Janeiro, gerente substituto da Divisão de Liberação de Áreas Centro-Oeste (DLAC.E), da Eletrobras Furnas Centrais Elétricas S/A, advogado, ex- professor da Universidade do Estado de Goiás – UEG, especialista em Direito Processual Civil pela Faculdade Anhanguera, MBA em Gestão Empresarial Básica pelo Instituto Brasileiro de Gestão de Negócios – IBGEN, ex-mestrando em Gestão Econômica do Meio Ambiente pela UnB, ex-mestrando em Direito Público pela Universidad Autônoma de Assuncion, atuou como advogado e procurador da empresa Eletrobras Furnas em vários empreendimentos, tais como: LT – Itumbiara/Rio Verde II, LT – Rio Verde/ Barra do Peixe II, LT – Niquelândia/Serra da Mesa, LT Itumbiara/Brasília Sul I e II, LT – Serra da Mesa/Samambaia, nas Usinas de Serra da Mesa, Corumbá I, no Aproveitamento Hidrelétrico de Manso, vem atuando nas questões de liberação de áreas, tanto no amigável como no contencioso.

Net lança seu 1º edital de patrocínio esportivo e cultural

Outubro 7, 2010

A NET, maior empresa de multisserviços de telecomunicações via cabo da América Latina, está lançando seu primeiro edital de seleção de projetos incentivados, com o objetivo de apoiar o esporte, a cultura e cidadania em todo o país.

O foco da empresa é investir principalmente em projetos que destacam entretenimento, diversão, família, multiplicidade, coletividade, tecnologia, conectividade e impacto na sociedade.

Assim como o desafio diário da NET é alcançar excelência no desempenho do negócio e buscar a perfeição na qualidade dos serviços que oferece, a partir desse momento espera se tornar uma das maiores incentivadoras de projetos do Brasil, estabelecendo uma relação de qualidade com os proponentes

Para cadastrar seu projeto, clique aqui.

Documentário resgata um pouco da história de pioneiros da capital tocantinense

Outubro 5, 2010

Uma pequena mostra de como era a rodoviária no início da construção de Palmas, no início da década de 1990

Na sexta-feira, 8, com início às 19:00h, acontece no auditório do Centro Universitário, Integrado de Ciências, Cultura e Artes (Cuica) da Universidade Federal do Tocantins – Campus de Palmas, a exibição do documentário Terminal de Lembranças, do jornalista Gleydsson Nunes,dentro da programação da Semana de Arquitetura da UFT.

O documentário conta a trajetória de comerciantes e moradores do centro comercial que funcionou durante quase uma década atrás da rodoviária da Arso 41, zona central da capital tocantinense. O filme foi lançado em 20 de maio deste ano, tem 20 minutos de duraçao e foi contemplado no edital Palmas Pra Cultura de 2008.

Nunes afirma que a intenção foi dar voz aos personagens da antiga rodoviária. “É provável que o capítulo da antiga rodoviária e do centro comercial não figurem em nenhuma obra que se disponha a contar os primeiros anos da história de Palmas. No documentário vamos perceber que a saga dessa gente é muito semelhante ao próprio processo de formação da cidade”, destaca o diretor do documentário.