Archive for Dezembro, 2010

Ano novo de muitos eventos culturais em cidades do interior tocantinense

Dezembro 28, 2010

Integrantes da Cia de Teatro Contar e Encantar

O ano para a cultura em 2011 promete ser bastante movimentado no Tocantins com a realização de grandes eventos culturais em boa parte dos municípios do estado. Isso é o que promete a Cia de Teatro Contar e Encantar, de Palmas. Além de gravar seu primeiro CD de cotação de histórias, que inclui músicas de conscientização e defesa do meio ambiente, o grupo irá produzir eventos em várias localidades carentes de produções artísticas e culturais.

Convidada por de proponentes que tiveram seus projetos aprovados no Edital Programa Mais Cultura de Apoio a Microprojetos na Amazônia Legal 2010, para a produção dos seus projetos selecionados, a Cia de Teatro Contar e Encantar firmou parceria e estará percorrendo o estado produzindo eventos de teatro, dança, música, audiovisual, poesia e apresentando seus espetáculos, buscando assim promover a diversidade cultural das ações contempladas. O grupo, por meio de sua equipe que hoje conta com artistas das diversas áreas, irá dar o suporte técnico necessário para que os projetos sejam executados com êxito.

Também faz parte do plano de ação que será colocado em prática pelos integrantes da Cia de Teatro Contar e Encantar a promoção de um seminário em cada cidade, visando o encontro dos artistas locais para que juntos possam elaborar projetos e metas que tornem as ações efetivas no calendário cultural de cada município.

A missão do grupo, de acordo com a diretora Iva de Oliveira, é fazer com que a classe artística local se organize de forma que possa fundamentar seus pleitos e cobrar do poder publico apoio necessário para que a cultura saia do esquecimento e se torne viva na comunidade. “O auxílio aos proponentes dos projetos também contempla um proveitoso intercambio cultural”, explica Ivã.

A pequena Dueré, com pouco mais de 4.500 habitantes, segundo o último Censo do IBGE, localizada no sul do estado, a 244 km de Palmas, será contemplada com a realização do 1º Fescad – Festival da Canção de Dueré. O músico e proponente do projeto, Caio de Oliveira disse que o evento tem tudo para ser um marco na historia do município, já que são poucos os eventos culturais naquela comunidade.

Localizado a 130 km de Palmas, o município de Cristalândia, na região oeste do estado, com 7.218 habitantes, vai dar suporte na realização do I Festival de Poesia Encenada. A iniciativa do projeto é da artista Glênia Rosal. “Esse evento visa promover a encenação de poesias de nossos autores, bem como, a divulgação dos talentos poéticos que antes se encontravam no obscurantismo, por falta de uma oportunidade como essa”, ressalta Glênia.

Antonio Campos da Silva, de Figueiropolis, no sul do Tocantins, proponente do projeto de circulação teatral do espetáculo Dois ladrões no circo, a iniciativa de convidar a Cia de Teatro Contar e Encantar surgiu da necessidade de tornar o projeto melhor realizado, uma vez que um espetáculo para ser circulado precisa de suporte técnico necessário que atenda aspectos como divulgação, organização do espaço e toda maquinaria teatral. O município possui uma população de 5.340 habitantes.

Mais cultura
Os projetos fazem parte da rede de democratização dos recursos públicos para ações culturais através de recursos financeiros e que conta com o apoio do governo federal e dos governos estaduais da região amazônica. O objetivo é fortalecer e apoiar a diversidade cultural da região. As propostas contempladas têm como beneficiários ou proponentes jovens entre 17 e 29 anos que residem nas áreas.

Anúncios

Para refletir sobre a felicidade

Dezembro 24, 2010

Ação solidária leva alegria ao Hospital Regional de Gurupi

Dezembro 23, 2010

Alunos do curso Técnico em Radiologia animando as crianças internadas na Pediatria do Hospital Regional de Gurupi

Final de ano, clima de natal, sempre inspira atos de solidariedade ao próximo. Foi com esse espírito, que o grupo de alunos do curso Técnico em Radiologia do Intepec – Instituto Tecnológico Profissionalizante da Educação e Consultoria de Gurupi visitou as crianças internadas no Hospital Regional de Gurupi – HRG.

O grupo estava todo caracterizado com fantasias de palhaço, e levaram alegria às crianças internadas na pediatria do hospital. Além disso, os palhaços brincaram e distribuíram presentes. As crianças que estavam na recepção do hospital para serem consultadas, também receberam presentes.

A tarde de alegria aconteceu na quarta-feira, 22, e conforme a professora do curso, Lorena Gonçalves, a iniciativa visou despertar a atenção desses futuros técnicos de radiologia para a importância de se realizar ações solidárias e criar mecanismos que possibilitem tornar constante a cultura da humanização hospitalar, o que, segundo ela, comprovadamente auxilia na recuperação desses pacientes com mais rapidez.

Já a aluna Mileny Simão disse que se sentiu gratificada em poder levar alegria para as crianças internadas na pediatria do HRG. “Essa ação me emocionou muito, na qual tivemos como pagamento o sorriso das crianças. E isso não tem preço”, finalizou.

Mais dois projetos do Tocantins são premiados nacionalmente

Dezembro 23, 2010

Integrantes da Cia de Teatro Sorria Meu Bem

A Secretaria de Cidadania Cultural do Ministério da Cultura (MinC,) divulgou no Diário Oficial da União, nesta quinta-feira feira (23), a relação dos projetos aprovados pelo Edital Pontinhos de Cultura que receberá o aporte financeiro no valor de R$ 30 mil para realização de projetos voltados exclusivamente para a cultura da infância. A Cia de Teatro Sorria Meu Bem, de Gurupi, e a Associação Cultural Chapada dos Negros, de Arraias, foram os únicos representantes do Tocantins que foram premiados pelo edital, que incluiu 300 projetos de todo o país.

Com o projeto “Oficinas Teatrais nas Escolas- Educando com Artes na Comunidade” a Cia de Teatro Sorria Meu Bem, que já é Ponto de Cultura na cidade, conseguiu mais este importante apoio do Governo Federal.

O presidente do grupo, Thomas Batista destaca que com mais esse reconhecimento do Governo Federal, a Cia de Teatro Sorria Meu Bem, se consolida ainda mais nesses dez anos de existência, sempre com um trabalho pautado pela promoção das artes, visando alcançar todos os públicos.

Com parte do prêmio o grupo pretende dar continuidade à construção definitiva da sua sede própria que será transformada em Escola de Arte para oferecer aulas gratuitas a crianças e adolescentes em condições de risco social.

Já o ator e produtor do grupo, Vinícius Martins, destaca que liberação desses recursos viabilizará o inicio da construção da sede própria da Cia de Teatro Sorria Meu Bem e irá contribuir, também, para ampliar as ações que hoje são desenvolvidas. “Nosso público alvo serão as pessoas excluídas culturalmente, visto que a Escola de Arte será erguida em um bairro carente de espaços culturais e de projetos de inclusão cultural”, explica Martins.

A Ação
O programa tem como objetivo promover uma política nacional de transmissão e preservação da cultura da infância por meio de ações que fortaleçam os direitos da criança, sensibilizando e capacitando profissionais de instituições públicas governamentais e não governamentais para a implantação ou continuidade de ações lúdicas em espaços denominados “Pontinhos de Cultura”.

O Prêmio Pontinhos de Cultura tem como finalidade ainda premiar entidades sem fins lucrativas, legalmente constituídas, e instituições governamentais estaduais, distritais e municipais que atuam com propostas sócio-cultural-artístico-educacionais, que assegurem os direitos das crianças e adolescentes segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente.

Ecos do aniversário de 11 anos da Academia Gurupiense de Letras

Dezembro 17, 2010


Programa Jornal Anhanguera – Edição do Almoço – TV Anhanguera/afiliada Rede Globo

Academia Tocantinense de Letras comemora 20 anos de fundação

Dezembro 11, 2010

Para comemorar seus 20 anos de criação, a Academia Tocantinense de Letras (ATL), promoveu uma reunião, na sexta-feira (10), em sua sede provisória, localizada na Biblioteca Pública Municipal Jornalista Jaime Câmara, do Espaço Cultural José Gomes Sobrinho, em Palmas, quando, na oportunidade, o presidente Eduardo Almeida, fez um balanço das atividades realizadas no decorrer de 2010. A ATL foi fundada oficialmente em 12 de dezembro de 1990.

A atual Diretoria da ATL, eleita para o triênio-2010 a 2012, é formada pelos seguintes membros: Presidente: Eduardo Silva de Almeida; Vice-Presidente: Juarez Moreira Filho; Secretário-Geral: Manoel Odir Rocha; 1º Secretário-Adjunto: Luiz de Souza Pires; 2ª Secretário-Adjunto: Luiz Espíndola de Carvalho; Tesoureiro: Dourival Martins Santiago; Oradora: Mary Sônia Matos Valadares; Bibliotecário: José Francisco Concesso. O Conselho Fiscal tem como titulares os acadêmicos Gilberto Correia da Silva, Zacarias Martins e Josefa Louça da Trindade, sendo que na suplência estão os acadêmicos José Sebastião Pinheiro, Mário Ribeiro Martins e Margarida Lemos Gonçalves.

De acordo com o presidente Eduardo Almeida, a Academia Tocantinense de Letras vem exercendo o seu papel na divulgação e apoio aos autores tocantinenses. Tem desenvolvido várias ações de incentivo à leitura nas escolas públicas e particulares do Estado.

Após os trabalhos desenvolvidos na sede da ATL, os imortais tocantinenses se confraternizaram com um almoço no Restaurante Cabana do Lago, e que contou também com a presença de acadêmicos da Academia Gurupiense de Letras e da Academia Palmense de Letras.

Marilde Gomes lança livro sobre a História de Dueré

Dezembro 7, 2010

No sábado, dia 11, a escritora Marilde Gomes, estará lançando o livro “Dueré – Passado & Presente”, publicado pela Editora Kelps, de Goiânia.

O lançamento acontece às 20 horas, na igreja de Santo Antônio, em Dueré, a 228 km de Palmas, em meio a uma movimentada sessão de autógrafos que terá a participação de intelectuais de Gurupi e de Palmas.

Para Juarez Moreira Filho, que assina o prefácio da obra, Marilde Gomes soube dosar e metrificar com maestria a história de Dueré, os costumes, lendas, sabedoria popular, crendices e uma ponta de nostalgia própria da alma humana, de uma vivência telúrica.

As biografias dos ex-prefeitos de Dueré, uns já falecidos outros não, constantes do enredo, só enriqueceram a obra em tela, pois são vultos que, às duras penas, ajudaram a construir a história da cidade, emancipada em 14.11.1958.

Juarez Moreira Filho também destaca que apesar de ser história, na sua essência, ficou leve e agradável de ler, pois os fatos foram narrados com arte, divertimento, graça e beleza, dentro de uma grande simplicidade de linguagem, o que não enfraqueceu em nada o vigor da história

Marilde Gomes é titular da Academia Gurupiense de letras onde ocupa a cadeira 26, já tendo publicado, anteriormente, o livro Quase todos: segredos de uma vida” (Ed. Kelps).

Biblioteca Pública de Tocantinia leva o nome da escritora e professora Margarida Lemos Gonçalves

Dezembro 7, 2010

Aos 82 anos, de idade, dos quais, mais de 60 dedicados à educação no antigo norte de Goiás e Tocantins, a professora Margarida Lemos Gonçalves (foto), minha confreira na Academia Tocantinense de Letras, receberá uma merecida homenagem na quinta-feira (9), em Tocantínia, cidade localizada na região central do Tocantins, a 75 km da capital, Palmas, quando a prefeitura daquela cidade inaugura a Biblioteca Municipal que leva o seu nome.

A professora Margarida já presidiu o Conselho Estadual de Educação e a Academia Tocantinense de Letras. Também ocupou o cargo de Diretora de Ensino do Município de Palmas e Assessora da Secretaria Municipal de Educação de Palmas. Em 1998 recebeu o título de Cidadã Palmense, outorgada pela Câmara Municipal de Palmas. No seguinte, a Assembléia Legislativa do Estado do Tocantins a homenageou com o Título de Cidadã Tocantinense. Foi vice-presidente do Conselho Municipal de Educação de Palmas e atuou na direção do Colégio Batista de Palmas. Em 2003 mudou-se para Lajeado, TO, onde está à frente da Congregação Batista.

Parabéns à população de Tocantínia que passa a contar agora com a Biblioteca Pública Municipal Professora Margarida Lemos Gonçalves.

Aniversário da Academia Gurupiense de Letras também foi destaque na TV Gurupi (SBT)

Dezembro 5, 2010

Escola de Divinópolis do Tocantins é destaque por ações de incentivo à leitura

Dezembro 5, 2010

A professora Suely Rocha faz um trabalho admirável em Divinópolis do Tocantins

Um belo trabalho desenvolvido em Divinópolis do Tocantins, de incentivo à leitura e à produção textual, vem sendo colocado em prática há bastante tempo pela Escola Municipal Isabel Carlos Wanderley.

A cidade fica a 120 km de Palmas, e uma das grandes incentivadores das práticas pedagógicas que têm estimulado cada vez mais os alunos a trilharem pelo caminho da literatura e da leitura é a poetisa e professora Suely Rocha, que também é membro correspondente da Academia Gurupiense de Letras.

Suely Rocha mantém o blog Paiol Literário, onde divulga as ações realizadas pela Escola Municipal Isabel Carlos Wanderley ligadas aos projetos literários.

Alunos mostram com orgulho seus trabalhos literários