Archive for Fevereiro, 2012

Novos rumos para as letras em Gurupi

Fevereiro 14, 2012

A nova sede da Academia Gurupiense de Letras

“Um marco na história da cultura de Gurupi”.  A afirmação é a do escritor José Maciel de Brito, presidente da Academia Gurupiense de Letras (AGL), durante solenidade de inauguração da sede instituição, sábado passado e que contou com a presença de intelectuais, autoridades e do público amante das letras

O presidente da AGL disse que a inauguração é uma grande conquista para a classe artística da cidade e coloca Gurupi mais uma vez na vanguarda dos movimentos culturais no Tocantins.

“Em nossa instituição, professores, estudantes e a população em geral terão um contato mais direto com os integrantes da academia. Também estamos abertos para um proveitoso intercâmbio cultural’, afirmou Maciel, ressaltando que a sede da AGL passa a ser agora, também um local de referência da literatura gurupiense.

A sede da AGL está localizada à Av. Paraíba, 1940 – Centro – CEP: 77402-970 – Gurupi – TO. O e-mail é: agl-to@bol.com.br

Projetos

Sobre os projetos que da AGL pretende colocar em prática no decorrer deste ano, Maciel explica que a academia pretende  uma maior proximidade com o poder público e com instituições privadas para a realização de parcerias, visando o fomento da atividade literária na cidade.

A realização do Festival Adão Ferreira de Poesia Falada, com a posterior publicação de uma antologia com os melhores trabalhos selecionados, também está no plano de ação da diretoria da AGL, informou o preside. Ele explicou, ainda, que a instituição está fazendo gestão junto à Reitoria do Centro Universitário Unirg, para que seja adotada, nos exames do vestibular, uma obra de autor de Gurupi de forma permanente.

“Temos muitos talentos literários em Gurupi e que precisam ser valorizados, principalmente, pelas instituições educacionais existentes na cidade”, enfatizou o presidente da AGL.

Para o mês de maio, a AGL pretende realizar um grande encontro com representantes de todas as Academias de Letras do Tocantins para se buscar formas  de se desenvolver um trabalho conjunto, visando o fomento da atividade literária no Estado.

Trajetória

A Academia Gurupiense de Letras é a mais antiga instituição do gênero no interior tocantinense. Reconhecida como sendo de Utilidade Pública Municipal, a AGL foi fundada em 30 de novembro de 1999 por iniciativa dos escritores Zacarias Martins e Gilberto Correia da Silva. É uma entidade cultural, sem fins lucrativos, de caráter predominantemente literário, criada com o objetivo de congregar pessoas amantes das letras e intelectuais de todas as vertentes, bem como, propugnar por todos os meios ao seu alcance pela difusão, promoção e conservação evolutiva da cultura, incentivando sempre a criação literária.

Possui 40 cadeiras para os membros efetivos, das quais, 26 estão ocupadas. Também conta com o quadro de membros correspondentes, destinado a escritores que residem em outras localidades do Estado, do Brasil ou até mesmo do exterior. Dentre seus membros correspondentes estão o ex-governador de Alagoas, Divaldo Suruagy e o contista, crítico, biógrafo e um dos escritores mais publicados e conhecidos de Santa Catarina, Enéas Athanázio, além da escritora  Thereza Freire Vieira, presidente da Academia  de Letras de Taubaté (SP).  No Tocantins, são membros correspondentes da AGL, os escritores Juarez Moreira Filho (Porto Nacional), Dourival Santiago (Paraíso do Tocantins), e Suely Rocha (Divinópolis do Tocantins), dentre outros.

Imortais da AGL em noite de festa literária

Diretoria da AGL

Presidente: José Maciel de Brito

Vice-presidente: Eliosmar Veloso

Secretário-Executivo: Zacarias Martins

Tesoureira: Marilde de Almeida Gomes

 

Suplentes da Diretoria:

Ana Márcia Barros Sousa da Silva

José de Ribamar Alves dos Santos

 

Orador Oficial: Gilberto correia da Silva

 

Conselho Fiscal – Titulares

Ednéa Amâncio da Silva Rezende

Marcus Tullius Cícero Barros Loureiro

Maria de Jesus Souza Lima

 

Conselho Fiscal – Suplentes

José Carlos Ribeiro da Silva

Deusderes Alves Acácio

João Gomes da Silva.

 

(Publicado originalmente no Jornal do Tocantins, edição de 14.02.2012)