Posts Tagged ‘literatura-tocantinense’

Grande festa literária de Gurupi

Dezembro 2, 2009

Irmortais da Academia Gurupiense de Letras e da Academia Tocantinense de Letras num momento de confraternização, no Centro Cultural Mauro Cunha

Uma noite literária em grande estilo. Assim foi a sessão solene em comemoração ao décimo aniversário de criação da AGL – Academia Gurupiense de Letras, a primeira a ser fundada numa cidade do interior tocantinense. O evento aconteceu no sábado, 28, nas dependências do Centro Cultural Mauro Cunha, quando, na oportunidade, o escritor Eliosmar Veloso, depois de dois mandatos na presidência da instituição, passou o cargo para a poetisa e escritora Ana Márcia Barros.

O escritor Eduardo Silva de Almeida, presidente da ATL – Academia Tocantinense de Letras, fez questão de prestigiar o acontecimento e veio de Palmas com uma comitiva composta ainda pelos escritores Odir Rocha, Mário Ribeiro Martins e Juarez Moreira Filho. Também de Palmas compareceu o escritor e poeta José Milton Oliveira Santos que é membro correspondente da AGL na capital tocantinense.

Ao assumir a presidência da AGL, Ana Márcia Barros reafirmou sua determinação na busca de mecanismos que possibilitem a valorização dos escritores de Gurupi, independente de serem veteranos ou iniciantes. “Defendemos que seja instituída nas escolas da rede municipal de ensino a matéria interdisciplinar de Literatura Gurupiense para que os alunos de Gurupi conheçam melhor o trabalho de nossos autores”, disse Ana Márcia, lamentando a inexistência de políticas públicas voltadas para a literatura local

Nova Imortal

Na solenidade festiva da AGL a escritora Marilde Gomes de Almeida tomou posse na cadeira 26 do quadro de membros efetivos. “Sinto-me honrada em participar desta academia de letras, mas tenho também plena consciência de que, a partir de agora, aumenta ainda mais a minha responsabilidade enquanto escritora. Por isso, vou continuar buscando me aperfeiçoar ainda mais minha produção textual”, afirmou Marilde.

A mais nova imortal da Academia Gurupiense de Letras recebeu as boas-vindas do orador oficial, Gil Correia, que decorreu sobre seu méritos literários.
”Saúdo a nossa companheira de letras, colega de academia e irmã em Cristo, Marilde de Almeida Gomes, ensejando sucesso, saúde e paz para juntos caminharmos muito ainda pelo fortalecimento cultural da nossa academia e pelo fortalecimento da literatura tocantinense, juntamente com todos aqueles que entendem o quanto a cultura é importante para o resgate da cidadania e desenvolvimento de um povo”, destacou Gil Correia.
Lançamento
Outro destaque da sessão solene foi o lançamento do livro “O Educador Itinerante”, do professor Albenzio Eloy dos Santos, membro correspondente da AGL em Goiânia (GO), onde optou por fazer uma biografia romanceada sobre o professor José Seabra de Lemos, que, em vida, muito contribuiu com o setor educacional em Gurupi, na época que a cidade pertencia ainda à região no médio norte goiano.

Mesa das autoridades composta pelo deputado federal Laurez Moreira, escritores Juarez Moreira Filho, Eliosmar Veloso, Eduardo Almeida (Presidente da ATL), Odir Rocha, Mário Ribeiro Martins e Ronaldo Teixeira. Ao fundo, Ana Márcia Barros faz seu discurso de posse na presidência da AGL

A escritora Marilde Gomes fez o seu discurso de posse na cadeira 26 da Academia Gurupiense de Letras

Professor Albenzio Eloy dos Santos falou sobre o seu livro "O Educador Itinerante", que retrata a trajetória de José Seabra de Lemos

Ana Marcia Barros (Presidente da AGL), Marilde Gomes, Zacarias Martins e deputada estadual Josi Nunes

A Secretária do Trabalho e Desenvolvimento Social do Tocantins, Dolores Nunes, Zacarias Martins e Marilde Gomes, festejando os dez anos de fundação da Academia Gurupiense de Letras

Zacarias Martins, Juarez Moreira Filho, professor Albenzio autografando seu livro e Mário Ribeiro Martins. No fundo, o advogado Ney Luz e Silva

Anúncios

A biografia romanceada de José Seabra Lemos

Novembro 17, 2009

O livro será lançado no dia 28, em Gurupi

 Atualmente residindo em Goiânia (GO), o professor Albenzio Eloy dos Santos estará em Gurupi para lançar o seu primeiro livro “O Educador Itinerante”, no próximo dia 28 de novembro, a partir das 20 horas, no Centro Cultural Mauro Cunha, em Gurupi, no Estado do Tocantins, dentro da programação de aniversário de dez anos da Academia Gurupiense de Letras (AGL).

Prefaciado pela escritora Zefinha Louça, da Academia Tocantinense de Letras, o livro é uma biografia romanceada do professor José Seabra Lemos, que em vida, muito contribuiu para o setor educacional de Gurupi e da então região do médio norte goiano.

De acordo com Zefinha, o professor Albênzio prima pela verdade e pelo cumprimento do dever e, a exemplo do professor José Seabra Lemos, também marcou com rastro luminosos os espaços sociais por onde passou semeando conhecimento. “Com este livro quero prestar uma homenagem ao professor José Seabra Lemos, extraordinário educador, pessoa simples e cativante que vem, desde muito e até hoje, inspirando minha vida”, afirma Albenzio, ressaltando que todas as pessoas que tiveram o privilégio de partilhar da intimidade do homenageado, foram incentivadas a educar com afinco.

José Seabra Lemos nasceu em 17 de setembro de 1902, em Barreiras (BA) e e faleceu em Trindade (GO), em 1º de março de 1985. Quando adulto, mudou-se com a família para o Rio de Janeiro (RJ), matriculou-se na Faculdade de Direito, onde colou grau em 25 de agosto de 1945. Formado em Direito, fundou o Instituto de Ciências e Letras com a ajuda e cooperação do professor Modesto de Abreu, fundador da Academia de Letras do Rio de Janeiro. Em 1948, retorna a Barreiras, sua terra natal e funda o Ginásio Padre Vieira. Em 1964, a convite do então prefeito Francisco Henrique de Santana, conhece Gurupi e fica impressionado com a topografia do município e o traçado de suas ruas. Foi o primeiro diretor do antigo Ginásio Estadual de Gurupi, tendo convidado para lecionar naquele estabelecimento de ensino recém-criado, os professores Albenzio Eloy dos Santos, Odair Lúcio Joana Sardeiro dos Santos, dentre outros.

PERFIL DO AUTOR  – Albenzio Eloy dos Santos possui Licenciatura em Português pela Universidade Federal de Goiás. Foi diretor do Colégio Estadual de Gurupi, sendo o principal responsável pela implantação do Curso de Magistério. Ali também lecionou Português, Literatura e Música. Já no Colégio Bernardo Sayão foi professor de Literatura. Também trabalhou por muitos anos como agente administrativo do Subdistrito de Operações da Embratel em Gurupi. É Membro Correspondente da Academia Gurupiense de Letras.

Vestibular cheio de histórias

Setembro 28, 2009
O livro foi indicado para o Vestibular do Centro Universitário UnirG

O livro foi indicado para o Vestibular do Centro Universitário UnirG

Quem disse que Gurupi não tem histórias pra contar? Tem, sim, e muita.  O que não falta na cidade é contador de histórias. Foi por isso que no ano passado publiquei o meu sétimo livro “Histórias da História de Gurupi”, reunindo uma seleção de crônicas sobre o cotidiano desta que é considerada a  Capital da Amizade.

O curioso  é que mesmo não tendo nascido aqui e, assim como muita gente  que mora na cidade,  passei a viver em estado de gurupiense, pois fiquei perdidamente apaixonado por esta cidade, com a qual, me identifico entre tantas e tantas emoções.

Foi por essas e outra razões, não tanto por  vaidade, mas sim, por orgulho, que tive a grata satisfação de ser informado que a Banca de Língua Portuguesa utilizará o meu livro na elaboração das provas do Processo Seletivo 2010-1, do Vestibular do Centro Universitário UnirG.

Diante dessa informação, não perdi tempo. Já estou visitando cursinhos pré-vestibulares e escolas de segundo grau, fazendo palestras e discutindo com alunos e professores os vários aspectos desse meu trabalho literário.

O livro custa R$ 15,00 o exemplar, mais R$ 5,00 para despesas postais de envio via Correios. Para comprá-lo é só fazer depósito bancário em nome de:

Zacarias Gomes Martins
Banco: HSBC
Ag. 0523
Conta-Corrente: 25388-09

Depois é só confirmar o depósito pelo e-mail: zacamartins@gmail.com.

Também aceito remessas por Vale Postal.

Meu endereço é:

Caixa Postal 35

CEP: 77402-070 – Gurupi – TO

Sua Excelência, o Muro

Julho 6, 2009

Alguém pode até me chamar de saudosista, de um sonhador, mas esta semana, andando pelas ruas de Gurupi, no estado do Tocantins, reparei numa muma espécie de cultura arquitetônica que virou mania nesta que é conhecida como a “Capital da Amizade”. Estou falando do muro!

Recordo-me quando aqui chequei em 1983, vindo de Brasília, o que mais me chamava a atenção eram as famílias sentadas em frente de suas casas, no fim de tarde, num bate-papo descontraído e animador.

Lembro-me que a gente ainda se podia dar ao luxo de deixar nossos carros estacionados no meio da rua, sem nos preocuparmos em trancá-los ou com a instalação de alarmes contra furtos.

Bons tempos aqueles, onde não existia a preocupação de construirmos muros ou até mesmo muralhas ao redor de nossas residências para que não fossemos mais uma vítima dos “amigos do alheio”

Hoje, os tempos são outros. O cidadão honesto se vê obrigado a “ficar preso” em seu próprio domicílio enquanto muitos marginais andam à solta por aí, só esperando uma boa oportunidade para cometer outro delito.

A construção de muros virou a modamania do momento em Gurupi. Têm muros de todas as espécies e para todos os gostos. Existe até, em alguns casos, a preocupação de morador em caprichar mais na feitura do muro, mesmo que a sua casa não seja assim, digamos, uma mansão!

Eu sei que a indústria de construção de muros prospera a passos largos em Gurupi. Ter uma casa suntuosa ou até mesmo um barraco mais humilde, mas com um muro bem feito e traçado arquitetônico arrojado é sinal de status na cidade.

Então, diante dessas despretensiosas considerações, só resta a nós, cidadãos de bem, darmos viva ao muro!

Viva ao muro!

Vista panorâ,ica da cidade de Gurupi, no Tocantins

Vista panorâmica da cidade de Gurupi, no Tocantins